Gonçalo Carvalho entre os melhores da Volta a Portugal

4 AGO 2018

Gonçalo Carvalho, da equipa Continental UCI Miranda-Mortágua, foi hoje o 5.º classificado da Juventude na Etapa Vida, a jornada solidária que marcou a 80.ª Volta a Portugal em bicicleta. Nuno Meireles teve também uma excelente prestação na tirada deste sábado, ao estar presente nas fugas todas do dia, à exceção da que vingou. O calor voltou a atacar em força ao longo dos 177,8 km que ligaram a Sertã a Oliveira do Hospital e a causar danos no pelotão e algumas desistências.

“Para nós foi uma etapa com um misto de sentimentos. De alegria por ver que de facto a equipa respondeu bem a este primeiro dia de média montanha, com um dos nossos corredores, o Gonçalo Carvalho, uma aposta para discutir a Geral da Juventude a chegar na frente, e com o Meireles a estar atento e a fazer uma corrida espetacular, sempre nas fugas todas desde o quilómetro zero”, relatou Pedro Silva, diretor desportivo da Miranda-Mortágua. Meireles acabou, contudo, por não conseguir engatar na parte final a última fuga, mas “deu muito bem conta do recado e foi de uma ajuda preciosa para os colegas que estavam na frente, como lhe competia, a acartar água e estar no apoio direto, principalmente ao Hugo Nunes e ao Gonçalo”, explicou Pedro Silva.

O diretor da Miranda-Mortágua salienta que “toda a gente esteve bem”. Contudo, nem tudo correu de feição nesta etapa, que foi acompanhada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Isto porque houve o azar de perder dois ciclistas: António Barbio, Chefe de Fila da equipa e Pedro Teixeira, que com os seus 19 anos foi o mais jovem corredor do pelotão desta edição da Volta a Portugal.

“São coisas que acontecem, infelizmente. Vínhamos com uma grande expectativa em relação ao António Barbio, principalmente para tentarmos ganhar uma etapa com as características que o bem definem, de atacante e de querer lutar pelo objetivo traçado até ao fim. Mas agora resta-nos ser realistas e temos de aceitar que de sete passamos para cinco, logo à terceira etapa”, adiantou Pedro Silva. Ainda assim ressalva: “Não vamos deixar que nada mude, por isso vamos manter os nossos objetivos e o mesmo ânimo, apoiar aqueles que estão aqui e tentar recuperar os que de desistiram."

Tudo estava em aberto e podia acontecer. No caso de Pedro Teixeira, dada a sua juventude, Pedro Silva sabia que havia esta possibilidade. “Mas seria importante para ganhar experiência. Pensávamos que pudesse fazer mais uma ou duas etapas, mas também quero realçar que estas três trabalhou muito em prol da equipa, evoluiu muito e penso que foi proveitoso para ele e para a equipa, porque o Teixeira definiu-se agora como corredor e foi muito importante o trabalho que fez, principalmente de apoio aos seus colegas em ir buscar água ao carro. O corpo reagiu mal a este calor mas estou muito satisfeito com o seu desempenho. Temos corredor para o futuro”, concluiu.

Sobre António Barbio, que também reagiu muito mal ao calor, com o qual não se dá bem, “o corpo não aguentou e não havia hipótese. Vamos continuar e vamos ajudá-lo a recuperar nesta nossa Família. Até porque a próxima corrida é em Mortágua, em casa e é ele o líder da Taça de Portugal, portanto há que levantar a cabeça e estar preparado para os próximos desafios”.

Amanhã a Grandíssima prossegue com a quarta etapa, que liga a Guarda a Penhas da Saúde num total de 144 km. Um percurso que foi alterado e retira o estatuto de etapa-rainha a esta jornada, uma vez que a organização decidiu anular a passagem pela Torre e encurtar a viagem, em virtude dos danos que o calor tem causado no pelotão.

Fotos: Miranda Bike Parts

CLASSIFICAÇÃO ETAPA

1.º - Raul Alarcón (W52/ FC Porto) 4h43m00s
31.º - Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 1m05s
59.º - Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 7m49s
84.º - Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 10m05s
98.º - Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) a 26m43s
99.º - Francisco Campos (Miranda-Mortágua) mt
DNF - Pedro Teixeira (Miranda-Mortágua)
DNF - António Barbio (Miranda-Mortágua)

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1.º - Raul Alarcón (W52/Fc Porto) 15h47m35s
28.º - Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 1m10s
59.º - Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 7m59s
68.º - Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 12m20s
102.º - Francisco Campos (Miranda-Mortágua) a 30m45s
103.º - Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) a 31m32s

CLASSIFICAÇÃO JUVENTUDE

1.º - Oscar Rodriguez (Euskadi Basque Country/Murias) 15h48m37s
5.º - Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 8s

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS

1.º - W52/ FC Porto 47h24m56s
16.º - Miranda-Mortágua a 19m04s

Sponsors