Final atribulado em Lagos

14 FEV 2018

Albufeira foi o palco de inauguração da 44ª Volta ao Algarve em Bicicleta, com a partida para a 1ª Etapa, uma extensão de 192,6 quilómetros que terminou ao sprint em Lagos, e onde o vencedor foi Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo).

Desde cedo vingou uma fuga, que viu a sua vantagem máxima ser de cerca de 3 minutos. No pelotão os nossos ciclistas tiveram um dia relativamente tranquilo até 25kms para o final, onde as estradas estreitas aliadas à grande velocidade fizeram com que as algumas quedas acontecessem. António Barbio foi o primeiro azarado do dia, onde uma queda fez com que fosse necessária uma troca de sapatos e mais tarde já nos útlimos 10kms nova queda onde Francisco Campos, a nossa aposta para o dia de hoje ficou também envolvido.

Apesar de muitos azares, Jorge Magalhães e Hugo Nunes chegaram inseridos no grande grupo com o mesmo tempo do vencedor, facto este positivo uma vez que várias equipas viram já hoje os seus líderes a perderem tempo devido às muitas quedas nos últimos quilómetros.

A segunda etapa apresenta a primeira chegada em alto, numa ligação entre Sagres e o Alto da Fóia, ao longo de 187,9 quilómetros, com a meta a coincidir com um prémio de montanha de primeira categoria. A subida final será uma escalada de 15,2 quilómetros de escalada com 5 por cento de inclinação média.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1º - Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo) 4h47m58s
102º - Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) mt
104º - Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) mt
114º - Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 45s
122º - Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 57s
139º - António Barbio (Miranda-Mortágua) a 1m19s
154º - Damien Cordeiro (Miranda-Mortágua) a 2m23s
159º - Francisco Campos (Miranda-Mortágua) a 2m25s

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS

1º - Quick Step Floors 14h23m54s
21º - Miranda-Mortágua a 45s

Sponsors