Condições difíceis na Clássica da Primavera

4 MAR 2018

A 22.ª edição da Clássica da Primavera, prova de 145,2 quilómetros disputada na Póvoa de Varzim ficou marcada pelo frio, vento e chuva que se fizeram sentir na parte final da corrida. Domingos Gonçalves (RP/Boavista) venceu a corrida em solitário, surpreendendo os velocistas que esperavam uma discussão ao sprint.

A prova ficou marcada pelos muitos grupos que se iam formando na frente da corrida, ao longo das sete passagem pelo Monte de S. Félix, uma subida curta em paralelo que foi marcando as diferenças volta após volta.

Gonçalo Carvalho e Francisco Campos estiveram presentes nos grupos da frente ao longo da corrida, mas a duas voltas do fim e numa altura decisiva Francisco Campos sofreu uma avaria mecânica na subida para o Monte de S.Félix, o que o impediu de discutir os primeiros lugares e de estar inserido no grupo da frente.

No final, Nuno Meireles, Gonçalo Carvalho e Hugo Nunes eram os primeiros ciclistas da nossa equipa, num segundo grupo a 6 minutos do vencedor Domingos Gonçalves.

Pedro Silva enaltece o esforço e a atitude da equipa, no entanto afirma que "o resultado não foi o pretendido, melhores dias virão, o grupo continua unido e acreditamos que os resultados surgirão em breve.".

O pelotão português volta a encontrar-se no próximo domingo, na Clássica da Arrábida – Cyclin’Portugal, prova internacional de classe 1.2 com uma novidade, a passagem por quatro setores de terra batida que prometem muita animação.

Fotos de Pedro Vidinha.

CLASSIFICAÇÃO ETAPA

1º - Domingos Gonçalves (RP/Boavista) 3h37m18s
40º - Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 6m12s
42º - Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) mt
49º - Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) mt
67º - Pedro Teixeira (Miranda-Mortágua) a 20m35s
70º - José Sousa (Miranda-Mortágua) mt
71º - Artur Chaves (Miranda-Mortágua) mt
73º - Tiago Leal (Miranda-Mortágua) mt
76º - Damien Cordeiro (Miranda-Mortágua) a 22m05s
DNF - Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua)
DNF - Francisco Campos (Miranda-Mortágua)

Sponsors