Prestação modesta na Clássica da Primavera

March 10, 2019

A Equipa Continental UCI Miranda-Mortágua esteve presente hoje na Clássica da Primavera, prova com bastante tradição do calendário português que se realiza na Póvoa de Varzim.

Os 147,2 quilómetros desta prova foram bem disputados, onde a principal dificuldade estava instalada no Monte de S. Félix, uma subida curta, mas bastante íngreme toda ela em paralelo. Ao longo do percurso havia também várias incursões em setores de “pavé”, o que tornam também esta uma corrida especial no calendário português.

A equipa partia motivada para mais um dia de corrida, mas as coisas acabariam por não correr bem para a nossa formação. Após a Volta ao Algarve vários ciclistas da nossa equipa foram afetados por uma gripe, passaram grande parte do tempo a tentar recuperar e claramente ressentiram-se do esforço no dia de hoje.

As várias passagens no Monte de S. Félix foram deixando marcas nos nossos ciclistas e já na derradeira volta, não foi possível seguir com os melhores, onde Daniel Freitas e Ivo Pinheiro se mantiveram no 2º grupo que acabaria por chegar 1 minuto depois do vencedor da prova, César Martingil (Sporting-Tavira), cortar a linha de meta.

No final, há que salientar o esforço da equipa, pois mesmo não estando nas melhores condições deu o melhor de si e nunca se rendeu. A próxima competição será a Clássica da Arrábida, no próximo dia 17 de março, prova internacional de grande nível e na qual a equipa já está focada.

(Foto de arquivo)

Classificação Etapa
1.º César Martingil (Sporting-Tavira), 3h43m14s
29.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 59s
32.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), a 1m01s
40.º Pedro Pinto (Miranda-Mortágua), a 1m28s
55.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), mt
DNF Tiago Leal (Miranda-Mortágua)
DNF Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua)
DNF Cristian Mota (Miranda-Mortágua)

Imagens

Sponsors

Logo
Logo
Logo